Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Coreia do Norte: ONU condena novo ensaio nuclear

Coreia do Norte: ONU condena novo ensaio nuclear
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas condenou, na sexta-feira, “firmemente” o quinto ensaio nuclear da Coreia do Norte e decidiu preparar uma nova resolução com sanções económicas a Pyongyang.

É mais do que um desafio desavergonhado.

Samantha Power Embaixadora dos EUA na ONU

A declaração foi unânime e apoiada pelos 15 membros, onde se inclui a China, tradicional aliada da Coreia do Norte.

A embaixadora dos Estados Unidos da América na ONU considerou que este “é mais do que um desafio desavergonhado. A Coreia do Norte está a tentar aperfeiçoar as suas armas nucleares e os seus veículos de envio de modo a que possa manter a região e o mundo reféns de uma ameaça de ataque nuclear.

Samantha Power disse, ainda, que “o Conselho deve usar todas as ferramentas à sua disposição para mudar os cálculos da Coreia do Norte.”

A declaração do Conselho de Segurança das Nações Unidas surge depois de a Coreia do Norte ter confirmado o êxito do quinto ensaio nuclear, num programa informativo da televisão estatal.

O país tem vindo a realizar, nos últimos meses, testes de mísseis balísticos, ignorando as pressões do Ocidente.

Em março, o Conselho de Segurança da ONU adotou, já, as mais fortes sanções alguma vez impostas à Coreia do Norte, em resposta ao ensaio nuclear de janeiro.