EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Atentado contra casamento curdo provoca 32 mortos no norte da Síria

Atentado contra casamento curdo provoca 32 mortos no norte da Síria
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou um atentado suicida que provocou pelo menos 32 mortos durante um casamento em Hasaka, no nordeste do país.

PUBLICIDADE

O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou um atentado suicida que provocou pelo menos 32 mortos durante um casamento em Hasaka, no nordeste do país.

A ação, na segunda-feira, visou a festividade na zona curda onde os combatentes das milícias do YPG enfrentam desde Agosto as forças do regime.

Entre as vítimas encontra-se o líder de um partido curdo. Vários dos feridos foram hospitalizados em estado grave.

O grupo Estado Islâmico tinha igualmente reivindicado um duplo atentado suicida, na segunda-feira, que tinha morto várias pessoas, em Hama, uma cidade controlada pelas tropas do regime.

Os novos atentados ocorrem num momento em que o exército sírio anunciou entretanto uma nova ofensiva nos arredores de Damasco para tentar recuperar o controlo do bairro de Al-Ghouta, atualmente às mãos dos rebeldes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar

Bombardeamentos turcos contra milícias curdos faz pelo menos 20 mortos

"Eu perdoo-o": Robert Fico diz que não sente "nenhum ódio" pelo seu agressor