EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Furacão Matthew: Florida atingida pelas primeiras chuvas e ventos fortes

Furacão Matthew: Florida atingida pelas primeiras chuvas e ventos fortes
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As chuvas intensas, acompanhadas de ventos muitos fortes já se começaram a sentir na Florida, nos Estado Unidos onde mais de 90 mil casas e empresas ficaram sem eletricidade nas últimas…

PUBLICIDADE

As chuvas intensas, acompanhadas de ventos muitos fortes já se começaram a sentir na Florida, nos Estado Unidos onde mais de 90 mil casas e empresas ficaram sem eletricidade nas últimas horas.

Hurricane #Matthew Producing 70+ MPH Wind Gusts in East Florida. Conditions Deteriorating Quickly. Full Forecast: https://t.co/etYsM2JDtLpic.twitter.com/Y2nNffamUD

— The Weather Channel (@weatherchannel) 7 de outubro de 2016

O furacão Matthew deve chegar à costa dos estados da Carolina do Sul e Carolina do Norte esta sexta-feira. Por isso milhares de pessoas estão a abandonar esta região. As autoridades emitiram ordens de evacuação para zonas que abrangem pelo menos três milhões de residentes.

#HurricaneMatthew closes in on Florida as Haiti death toll rises https://t.co/80PhV8nUjX

— Reuters Top News (@Reuters) 7 de outubro de 2016

Entretanto, o Presidente norte-americano anunciou na quarta-feira à noite um plano de emergência federal para a Carolina do Sul. Já na terça-feira, Barack Obama tinha feito o mesmo para o estado da Florida.

Ao declarar o estado de emergência federal são desbloqueados os meios federais de assistência aos agentes de segurança interior e de gestão de situações de urgência para coordenar o socorro.

RAW VIDEO: Hurricane Matthew batters the Florida coast. https://t.co/gXW8TPIPCF

— The Associated Press (@AP) 7 de outubro de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Furacão Matthew: Mais de 330 mortos no Haiti

Incêndios de Maui: 93 mortos; 4500 desalojados

Havai: Cidade de Lahaina com o coração em cinzas