Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Bélgica: Valónia poderá bloquear acordo UE-Canadá

Bélgica: Valónia poderá bloquear acordo UE-Canadá
Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento regional da Valónia, região francófona no sul da Bélgica, poderá bloquear o acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Canadá.

Esta região está contra o acordo conhecido por CETA, sobre o qual vai pronunciar-se esta sexta-feira.

O voto acontece poucos dias antes de uma reunião dos ministros da Economia dos 28 países da União Europeia, que requer unanimidade para o acordo poder entrar em vigor.

À euronews, o presidente do parlamento regional da Valónia, Andre Antoine, disse que “o tratado serve principalmente às multinacionais. No caso de criarmos uma lei para proteger os cidadãos e melhorar suas vidas, seja nas condições sociais ou ambientais, poderemos ter de vir a indemnizar as multinacionais”.

“O governo propõe, o Parlamento dispõe e, doravante, a multinacional interpõe-se”, acrescentou.

O governo federal da Bélgica, que é a favor do CETA, só lhe pode dar luz verde se tiver o apoio dos parlamentos que representam as três comunidades linguísticas do país.

Manifestações e sondagens têm mostrado o receio de muitos cidadãos europeus em relação ao acordo, que dará poderes às multinacionais para contestar novas leis de proteção dos trabalhadores, consumidores e ambiente que possam interferir com as exportações.

Áustria, França, Hungria e Eslovénia são outros países céticos em relação ao acordo.