This content is not available in your region

Tyson Fury abdica de cinturões de campeão do mundo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Tyson Fury abdica de cinturões de campeão do mundo

Tyson Fury colocou um ponto final ao reinado de onze meses como campeão do mundo de pesos pesados. O inglês abdicou dos cinturões da Organização Mundial de Boxe (WBO) e da Associação Mundial de Boxe (WBA) que tinha ganho frente a Wladimir Klitschko para se concentrar no tratamento médico e recuperação de uma depressão que o tem mantido afastado do pugilismo.

Um problema que já tinha provocado o cancelamento de um novo combate frente ao ucraniano, que não sofria uma derrota há onze anos e irá assim continuar à espera da desforra.

Fury, que conta com um registo perfeito de 25 vitórias em 25 combates como profissional, 18 por knockout, promete regressar ao boxe mas a tarefa não será fácil.

O pugilista viu a sua licença suspensa pela Federação Britânica de Pugilismo devido a um controlo antidoping positivo. Fury já tinha admitido há semanas ter consumido cocaína, precisamente devido à depressão, após se ter sagrado campeão do mundo.