EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Casa onde nasceu Adolf Hitler vai ser demolida

Casa onde nasceu Adolf Hitler vai ser demolida
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A empreitada seguir-se-á à aprovação de um projeto-lei a ser apresentado em breve e que visa a expropriação da casa, na posse da mesma família há mais de um século.

PUBLICIDADE

A casa onde Adolf Hitler nasceu, no norte da Áustria, será demolida e substituída por um “novo edifício”, pondo fim a cinco anos de uma batalha jurídica sobre o local que atrai regularmente neonazis, anunciou esta segunda-feira o ministro do Interior austríaco.

“A casa de Hitler vai ser destruída. As fundações poderão ser conservadas, mas será construído um novo edifício”, declarou Wolfgang Sobotka ao diário austríaco Die Presse, indicando que a nova construção poderá ter uma utilização “caritativa ou administrativa”.

Hitler's birth house will be razed, Austrian minister says https://t.co/7FLM3g34Mu

— dpa international (@dpa_intl) 17 de outubro de 2016

Para que o projeto se concretize, o governo tem ainda de concluir o processo de expropriação da casa situada no centro de Braunau-am-Inn, na fronteira com a Alemanha, precisou à agência France Presse um porta-voz do Ministério do Interior.

Um projeto de lei de expropriação da proprietária foi redigido em julho para que o Estado austríaco recupere o bem e evite o perigo da casa se tornar um local de romagem nazi.

A data de apresentação do projeto de lei no parlamento ainda não é conhecida.

A grande casa de fachada amarela, onde Hitler nasceu a 20 de abril de 1889, está vazia desde 2011, data em que o governo se envolveu numa batalha judiciária com a atual proprietária, Gerlinde Pommer, uma habitante da cidade cuja família possui o imóvel há mais de um século.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Angela Merkel faz 70 anos: qual a popularidade da antiga chanceler?

NATO lança centro de comando da Ucrânia na Alemanha

Alemanha "preocupada" com resultados das eleições francesas apesar da derrota da extrema-direita