EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

ESA satisfeita com sucesso parcial do Exomars 2016

ESA satisfeita com sucesso parcial do Exomars 2016
Direitos de autor 
De  João Peseiro Monteiro
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Agência Espacial Europeia considerou a missão Exomars 2016 parcialmente bem-sucedida.

PUBLICIDADE

A Agência Espacial Europeia considerou a missão Exomars 2016 parcialmente bem-sucedida.

Relativamente ao módulo Schiaparelli que foi lançado para a superfície de Marte, a ESA recordou que se tratava dum teste, e que apesar do silêncio após a aterragem, foram enviados dados durante a descida.

“Não só o paraquedas funcionou do ponto de vista da sincronização, mas o escudo que protegia a cápsula durante a fase de travessia atmosférica a alta velocidade funcionou perfeitamente. A partir dos dados recolhidos podemos ver que os instrumentos providenciaram dados significativos. Agora é preciso analisá-los e perceber porque é que a cápsula não se comportou exatamente como esperado no ambiente marciano” – sublinhou o italiano Andrea Acommazzo.

We need to understand what happened in the last few seconds before the landing – a lot to learn from this valuable test landing #ExoMars

— ESA Operations (@esaoperations) 20 de outubro de 2016

Quanto à sonda Trace Gas Orbiter, que tem como missão principal recolher indícios de gases, e em particular de metano, que é um indicador de presença de vida, o diretor das operações de voo manifestou-se bastante satisfeito:

“Foi um grande sucesso, todos os parâmetros registados do TGO são perfeitamente normais. Esta é a segunda vez que efetuamos uma inserção orbital em torno de Marte, 13 anos depois do Mars Express.”

Andrea Accomazzo: Our ESA_TGO</a> orbiter is working perfectly - we had a great orbit insertion <a href="https://twitter.com/hashtag/ExoMars?src=hash">#ExoMars</a></p>&mdash; ESA Operations (esaoperations) 20 de outubro de 2016

A segunda parte da missão Exomars está agendada para 2020. O objetivo é enviar para Marte um veículo científico, mas, além do desafio tecnológico, a ESA ainda precisa de angariar os fundos para financiar a operação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Europa escreve novo capítulo da exploração de Marte

Conquista de Marte pode ser adiada

Agência Espacial Europeia selecionou cinco novos astronautas entre mais de 20 mil candidatos