Haiti luta contra a cólera

Haiti luta contra a cólera
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Haiti lançou uma campanha maciça de vacinação contra a cólera em áreas devastadas pelo furacão Matthew, que atingiu o país a 4 de outubro e fez mais de mil…

PUBLICIDADE

O Haiti lançou uma campanha maciça de vacinação contra a cólera em áreas devastadas pelo furacão Matthew, que atingiu o país a 4 de outubro e fez mais de mil mortos.

A campanha começou esta semana e visa cerca de 820 mil pessoas.

O Gabinete das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários estima que pelo menos 3500 pessoas tenham sido afetadas com cólera desde a passagem do furacão.

Hello @Jacquiecharles, do you know if they have official documents of 3K patients? Also, is the #OCHA part of the Haitian govt.?

— Daniella Bien-Aime (@dbienaime) 1 de novembro de 2016

Jean-Luc Poncelet, representante da Organização Mundial da Saúde, refere: “O principal desafio desta campanha de vacinação é chegar a todos. Há áreas onde o acesso é difícil. Mesmo antes da passagem do furacão eram zonas difíceis de chegar. O furacão veio complicar o acesso a esses locais. Por isso, o transporte por terra, a travessia de pontes, etc., é muito difícil.
O outro desafio é a segurança. Temos de garantir que não há problemas, que as pessoas podem obter os tratamentos sem interferência de manifestações ou outras situações adversas”.

A epidemia chegou ao Haiti após o terramoto de 2010, introduzida acidentalmente por membros das forças de manutenção de paz das Nações Unidas.

Desde então, mais de 800 mil pessoas foram afetadas pela doença e cerca de 9 mil morreram.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Homem que recebeu rim de um porco teve alta hospitalar

Canábis pode ajudar a travar cancro da pele

É assim que a mudança da hora afeta a saúde, e não é para melhor. Conheça os sintomas e as soluções