Trump denuncia "manifestantes profissionais incitados pelos media"

Trump denuncia "manifestantes profissionais incitados pelos media"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente eleito norte-americano reagiu à segunda noite de protestos pós-eleitorais nos EUA com criticas ao que considerou serem “manifestantes profissionais, incitados pelos…

PUBLICIDADE

O presidente eleito norte-americano reagiu à segunda noite de protestos pós-eleitorais nos EUA com criticas ao que considerou serem “manifestantes profissionais, incitados pelos media”.

Numa mensagem publicada nas redes sociais, Donald Trump, regressou ao tom acusatório da campanha, quando milhares de manifestantes desfilavam nas ruas das principais cidades do país.

Just had a very open and successful presidential election. Now professional protesters, incited by the media, are protesting. Very unfair!

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) November 11, 2016

Os protestos voltaram a decorrer frente à residência do milionário, na torre Trump de Nova Iorque.

As marchas, convocadas por associações de defesa dos direitos dos homossexuais ou dos emigrantes, repetiram-se também em mais de uma dezena de cidades como Washington, Los Angeles, São Francisco e Denver, sem registo de incidentes.

Os protestos revelam a fratura criada pela eleição do milionário quando Clinton foi a mais votada pelas mulheres, jovens de menos de 30 anos, negros e latinos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Processo de seleção do júri promete atrasar julgamento de Trump

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude

Trump diz que não tem dinheiro para pagar caução de 454 milhões de dólares ao tribunal