Paul Ryan promete trabalhar "lado a lado" com Trump

Paul Ryan promete trabalhar "lado a lado" com Trump
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente da Câmara dos Representantes, reconduzido no cargo, parece reconciliado com o presidente eleito, de quem se distanciou durante a campanha.

PUBLICIDADE

Os caloiros chegaram ao Capitólio: As eleições americanas não só colocaram Donald Trump na presidência, como também decidiram a composição do Senado e da Câmara dos Representantes para os próximos dois anos.

Nada de novo na Câmara dos Representantes: a câmara baixa do Congresso americano continua dominada pelos republicanos. Paul Ryan é reconduzido na presidência (speaker)e parece ter posto de lado as reticências para com Trump: “Bem-vindos à alvorada de um novo e unificado governo republicano. Estamos na mesma sintonia que o presidente eleito. Falo quase todos os dias com Donald Trump, falei com Mike Pence esta manhã. Trabalhamos lado a lado e vamos fazer tudo para que o sucesso desta administração e, mais importante, vamos fazer tudo para que se responda às vozes que se fizeram ouvir nestas eleições e os problemas sejam resolvidos”, disse o reconduzido homem-forte da House of Representatives.

Donald Trump foi eleito com maioria de votos no colégio eleitoral, mas com um total nacional de votos inferior ao da adversária democrata Hillary Clinton.

Essa é uma das razões que faz com que muitos opositores continuem a não estar conformados com a eleição do magnata para a Casa Branca.

Washington, em particular um hotel propriedade de Trump, foi palco de uma nova manifestação de estudantes. Os protestos, que têm juntado milhares de pessoas, têm mobilizado sobretudo os jovens.

It is a tremendous honor to be nominated by my colleagues to serve as Speaker of the House. Now it’s time to go big. pic.twitter.com/ot7fqYEGun

— Paul Ryan (@SpeakerRyan) November 15, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado

Trump recebeu presidente polaco em Nova Iorque para reunião "amigável"