Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Manifestação anti-Erdogan reuniu três mil turcos em Bruxelas

Manifestação anti-Erdogan reuniu três mil turcos em Bruxelas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O partido pró-curdo HDP organizou um protesto contra o governo do Presidente da Turquia, esta quinta-feira, em Bruxelas, tendo participado cerca de três mil pessoas, de acordo com a polícia da Bélgica.

Membros das minorias assíria, arménia e alevita também se juntaram.

Um manifestante disse à euronews que “o exército era o garante da laicidade na Turquia, mas o Presidente acabou com o exército e, em seguida, com a justiça. Não sabemos o que é que quer mais porque já tem o poder todo”.

Partidos da esquerda radical também marcaram presença, mas não o principal partido da oposição, o social-democrata CHP.

Os manifestantes pediram maior pressão diplomática contra a deriva autoritária do governo.

Um jovem curdo que veio da Alemanha para a manifestação disse que “a União Europeia tem apoiado o governo turco e Erdogan. Gostaríamos de apelar aos países europeus para cortarem os laços com o governo turco e para lhe aplicarem sanções”.

Na véspera, Erdogan acusou a Bélgica de apoiar curdos independentistas e o movimento oposicionista do exilado Fetullah Gulen, o que foi de imediato rejeitado pelo governo belga.