This content is not available in your region

Parlamento brasileiro invadido por manifestantes

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
Parlamento brasileiro invadido por manifestantes

Cerca de meia centena de manifestantes invadiu o plenário da Câmara dos Deputados do Brasil, em Brasília.

Durante quase três horas recusaram-se a abandonar o parlamento exigindo, entre outras coisas, uma intervenção militar no país.

Os manifestantes interromperam uma sessão onde deveria ser feita, e segundo o Senado Federal brasileiro, a “apreciação de vetos, créditos adicionais e destaques à Lei de Diretrizes” Orçamentais para 2017.

Para os deputados, que foram apanhados de surpresa, a situação é intolerável. Alguns falavam de tentativa de golpe de Estado, outros pediam a intervenção das forças especiais.

O tumulto terminou por volta das 18h30 mas a sessão do Congresso acabou cancelada.

O grupo foi tirado à força do parlamento, mas não sem dar luta aos agentes das forças da polícia.

A grande maioria acabou detida mas apenas para prestar declarações.

Também no Rio de Janeiro se repetiram os protestos violentos contra a governação de Michel Temer. Os manifestantes exigiam o que consideram de Direitos básicos.

Há vários meses que o Brasil é um “barril de pólvora”. O país está em recessão económica e tem-se visto a braços com vários escândalos de corrupção que acabaram por ditar a saída de Dilma Rousseff e levaram a várias detenções no setor político.

Michel Temer tem uma dura batalha pela frente.