EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Polónia exuma ex-presidente para desafiar inquérito a acidente de Smolensk

Polónia exuma ex-presidente para desafiar inquérito a acidente de Smolensk
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A investigação do governo polaco à morte do antigo presidente Lech Kaczynski parece confirmar a tese oficial de um acidente aéreo.

PUBLICIDADE

A investigação do governo polaco à morte do antigo presidente Lech Kaczynski parece confirmar a tese oficial de um acidente aéreo.

Os corpos do ex-chefe de estado e da mulher foram sepultados em Cracóvia, esta sexta-feira, uma semana após terem sido submetidos a uma nova autópsia.

Os primeiros resultados do exame comprovam a morte por colisão aérea, segundo a radio polaca RMF.

Vários dirigentes do partido conservador no poder acusam a Rússia e o antigo executivo polaco de terem dissimulado um atentado terrorista.

O avião do presidente tinha-se despenhado em abril de 2010, com dezenas de altos dignitários polacos a bordo, durante a aterragem no aeroporto russo de Smolensk.

As conclusões do inquérito independente russo e polaco tinham apontado vários erros humanos e o mau tempo como as causas do acidente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líder do Malawi pede investigação independente à morte do vice-presidente em acidente de aviação

Em apenas uma semana, três turistas desaparecidos nas ilhas gregas foram encontrados mortos

Novo incidente de turbulência fere 12 pessoas em voo com destino à Irlanda