EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Descarrilamento de comboio na Índia mata dezenas de pessoas e fere centenas

Descarrilamento de comboio na Índia mata dezenas de pessoas e fere centenas
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com lusa, ani, hindustan times
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O acidente ocorreu pelas 03:10, hora local, junto a Purwa, uma localidade próxima da cidade industrial de Kanpur, e algumas carruagens ficaram esmagadas ao embater contra outras.

PUBLICIDADE

O descarrilamento de um comboio no norte da Índia, em que 14 carruagens se desprenderam, matou pelo menos 65 pessoas e feriu mais de 150, de acordo com um novo balanço avançado pelos meios de comunicação indianos, citandos fontes da polícia.

#SpotVisuals Patna-Indore express train derailed near Pukharayan (Kanpur, UP), 63 dead. NDRF teams at the spot. Rescue ops underway pic.twitter.com/FBdRyo3w2w

— ANI UP (@ANINewsUP) 20 de novembro de 2016

Voluntários e polícia retiraram os corpos das carruagens e tentam resgatar os passageiros que se encontram presos entre os destroços, explicou Daljeet Chaudhary, diretor geral da polícia.

O descarrilamento ocorreu pelas 03:10, hora local (cerca das 21h40, de sexta-feira, em Lisboa), perto de Purwa, uma localidade próxima da cidade industrial de Kanpur. Algumas carruagens ficaram esmagadas quando embateram contra outras, deixando centenas de pessoas presas.

#WATCH 14 coaches of Patna-Indore express train derailed near Pukharayan (Kanpur, UP), 30 dead. Relief and rescue ops underway pic.twitter.com/u3JjiocIj6

— ANI UP (@ANINewsUP) 20 de novembro de 2016

Equipas médicas estão no local a prestar assistência e os feridos em estado grave foram transportados para hospitais em Kanpur, indicou. Ainda não se sabe o que causou o descarrilamento, mas o ministro dos Caminhos de Ferro, Suresh Prabhu, ameaça com “a tomada das medidas mais severas possíveis contra os eventuais responsáveis pelo acidente.”

Strictest possible action will be taken against those who could be responsible for accident,All possible mobilisation for relief initiated

— Suresh Prabhu (@sureshpprabhu) 20 de novembro de 2016

As autoridades acreditam que o número de mortos pode subir, já que ainda não tinham sido resgatados os passageiros de duas carruagens gravemente danificadas, explicou Rajesh Modak, da Força de Proteção Ferroviária.

O primeiro-ministro indiano, Narenda Modi, o ministro dos Transportes, Rajnath Singh, e o ministro de Estado da Informação e Comunicação, Rajyavardhan Rathore, já reagiram, lamentaram a perda de vidas e endereçaram condolências aos familiares.

Anguished beyond words on the loss of lives due to the derailing of the Patna-Indore express. My thoughts are with the bereaved families.

— Narendra Modi (@narendramodi) 20 de novembro de 2016

Deeply pained by the loss of lives caused by the derailment of Patna- Indore Express near Kanpur. My thoughts are with the bereaved families

— Rajnath Singh (@rajnathsingh) 20 de novembro de 2016

Tragic loss of lives in Patna-Indore express accident near #Kanpur . My thoughts & Prayers with the affected in this hour of grief.

— Rajyavardhan Rathore (@Ra_THORe) 20 de novembro de 2016

Os acidentes de comboio são comuns na Índia e a maioria ocorre devido a erro humano ou equipamento antigo. Cerca de 23 milhões de passageiros utilizam a rede ferroviária indiana todos os anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Colisão de dois comboios na Índia mata 13 pessoas e deixa 25 feridas

Modi promete "castigo duro" para responsáveis por acidente ferroviário

Acidente ferroviário faz pelo menos 288 mortes na Índia