Última hora
This content is not available in your region

Avô de Trump foi expulso da Alemanha em 1905

Avô de Trump foi expulso da Alemanha em 1905
Tamanho do texto Aa Aa

O avó de Donald Trump foi expulso da Alemanha em 1905 por ter escapado ao serviço militar no país.

Um historiador alemão descobriu nos arquivos da Baviera, a ordem de expulsão de Friedrich Trump, o avô paterno do atual presidente-eleito dos EUA.

No documento, as autoridades alemãs rejeitam o regresso ao país do emigrante nos EUA, e dão oito semanas à família Trump para, “abandonar o país ou ser extraditada”.

Segundo Franz Maier, responsável pelo arquivo de Speyer:

“Ele pediu ao príncipe regente da Baviera uma autorização para poder regressar à sua terra-natal. A história não acaba bem para Friederich Trump, cujo pedido foi recusado”.

O avó de Trump, natural da aldeia de Kallstadt, tinha emigrado para os EUA com 16 anos para escapar à pobreza, sem ter informado as autoridades locais.

Depois de ter feito fortuna, na restauração e no imobiliário, Friedrich Trump, pretendia regressar à terra-natal com a mulher, Elisabeth, grávida de três meses de Fred – o pai de Donald Trump.

A ordem de expulsão parece assim ter mudado o curso da história do candidato que fez campanha sobre o combate à imigração e a alegada nacionalidade estrangeira de Barack Obama.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.