Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Suíços rejeitam fecho antecipado de centrais nucleares

Suíços rejeitam fecho antecipado de centrais nucleares
Tamanho do texto Aa Aa

A Suíça vai continuar a ter centrais nucleares, pelo menos durante mais alguns anos. Os suíços rejeitaram, em referendo, o fecho antecipado das cinco centrais nucleares a operar no país. O voto tinha sido proposto pelos verdes e social-democratas.

A manutenção das centrais por mais tempo foi decidida por 55%, contra 45% a favor de um encerramento mais rápido. No entanto, a médio ou longo prazo, a produção de energia nuclear na Suíça deve ser descontinuada. 26 cantões votaram a favor da proposta, sobretudo nas zonas francófonas.

Mesmo se o fecho das cinco centrais reduz o risco de um acidente nuclear, isso tornaria a Suíça mais dependente das energias fósseis e da energia nuclear importada da vizinha França.

A iniciativa para fechar as centrais já no próximo ano surgiu depois do acidente com a central de Fukushima, no Japão, em 2011. Foi também este acidente que fez a Alemanha tomar a decisão de fechar todas as centrais nucleares até 2022.