Última hora

Última hora

Parlamento britânico apoia pedido para que governo apresente plano para Brexit

Em leitura:

Parlamento britânico apoia pedido para que governo apresente plano para Brexit

Parlamento britânico apoia pedido para que governo apresente plano para Brexit
Tamanho do texto Aa Aa

Os deputados britânicos apoiaram esta quarta-feira, por 448 votos a favor e 75 contra, a moção do Partido Trabalhista, que pedia ao governo que apresente um plano para deixar a União Europeia antes de iniciar as conversas formais para o Brexit.

O governo aceitou, mas pediu em troca aos deputados que respeitem o resultado do referendo e não atrasem o processo do Brexit.

“Há vários meses que o Partido Trabalhista pede à primeira-ministra e ao governo que estabeleçam um plano para o Brexit (…) O governo cedeu face à derrota na moção de hoje. As emendas de última hora falam por si e todos sabemos isto”, frisou o ministro-sombra para o Brexit, Keir Starmer.

A moção do governo, que passou com 461 votos a favor e 89 contra, pedia que o parlamento aceite acionar o Artigo 50º antes do dia 31 de março de 2017.

“Teremos de encontrar o nosso caminho através de um vasto número de interesses concorrentes para gerir a nossa saída da União Europeia, para que o nosso povo beneficie com isso. É este o objectivo. Para isto, o governo deve ter a flexibilidade necessária durante as negociações”, disse David Davies, o secretário de Estado para a Saída da União Europeia.

Entretanto, prossegue o combate constitucional. O Supremo Tribunal vai pronunciar-se na quinta-feira sobre o recurso interposto pelo governo à decisão do Tribunal da Relação, que impunha ao governo a obrigação de submeter ao parlamento a ativação do Artigo 50º.