EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Roménia: Presidente rejeita indigitação de muçulmana para primeira-ministra

Roménia: Presidente rejeita indigitação de muçulmana para primeira-ministra
Direitos de autor 
De  Miguel Roque Dias com REUTERS; LUSA
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente da Roménia rejeitou, esta terça-feira, a indigitação de Sevil Shhaideh, para primeira-ministra.

PUBLICIDADE

O presidente da Roménia rejeitou, esta terça-feira, a indigitação de Sevil Shhaideh, para primeira-ministra.

A candidata da coligação governamental do Partido Social Democrata (PSD), e da Aliança dos Liberais e Democratas (ALDE), teria sido a primeira mulher e a primeira muçulmana a liderar o Governo do país.

Sem apresentar justificações para rejeitar o nome de Shhaideh, Klaus Iohannis afirmou, numa declaração à televisão romena, que ponderou “com cuidado os argumentos a favor e contra” e decidiu “não aceitar esta proposta.” Pede, por isso, “à coligação PSD-ALDE para apresentar outra nomeação.”

Sevil Shhaideh pertence à pequena comunidade turca do país, é casada com um empresário de origem síria, e foi ministra do Desenvolvimento Regional durante seis meses.

Shhaideh é, ainda, amiga pessoal de Liviu Dragnea, o líder do PSD, o partido mais votado nas legislativas de 11 de dezembro.

Dragnea está impedido de liderar o Executivo uma vez que está a cumprir uma pena suspensa de dois anos por envolvimento num caso de fraude eleitoral em 2012, relacionado com um referendo contra o antigo presidente, Traian Basescu.

Com: Reuters; Lusa

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Breve perfil de Sevil Shhaideh, que ascende ao topo do poder na Roménia

Festival das Tulipas na Roménia, uma tradição com mais de meio século

Mansão do rei Carlos III na Roménia reabriu ao público