EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Papa denuncia "orfandade espiritual" e "praga do terrorismo"

Papa denuncia "orfandade espiritual" e "praga do terrorismo"
Direitos de autor 
De  João Peseiro Monteiro
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O papa Francisco denunciou a “orfandade espiritual” da nossa sociedade na primeira missa do ano.

PUBLICIDADE

O papa Francisco denunciou a “orfandade espiritual” da nossa sociedade na primeira missa do ano. O sumo pontífice presidiu à homilía na Basílica de São Pedro, no dia em que a igreja católica celebra o Dia Mundial da Paz.

Para o papa Francisco, este abandono põe em causa o “sentido de pertença”:

“A perda dos laços que nos unem, tão típica na nossa cultura dividida e fragmentada, fortalece esta sensação de orfandade e tem como resultado a solidão e um grande vazio. A inexistência de contacto físico, e não virtual, está a tornar os nossos corações insensíveis e a fazer-nos perder a capacidade para a ternura e a admiração, para a piedade e a compaixão.”

O argentino Jorge Bergoglio condenou igualmente o atentado em Istambul e criticou “a praga do terrorismo”.

Papa criticou a orfandade espiritual, um cancro que corrói a alma https://t.co/sB9dRSae9K#mundoaominuto

— Notícias ao Minuto (@noticiaaominuto) 1 de janeiro de 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Seda dourada e arte secular da tecelagem em exposição no Catar

Da dança com espadas ao teatro moderno, as artes performativas no Catar são um espetáculo

"Conduzir o Judas", uma velha tradição que se mantém na Chéquia