EUA: Relatório dos Serviços Secretos diz que Putin ajudou à vitória de Trump

EUA: Relatório dos Serviços Secretos diz que Putin ajudou à vitória de Trump
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vladimir Putin encomendou uma “campanha de influência” para as presidenciais de 2016 dos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

Vladimir Putin encomendou uma “campanha de influência” para as presidenciais de 2016 dos Estados Unidos. Esta é a principal conclusão do mais recente relatório dos serviços secretos norte-americanos… sobre a interferência russa nas eleições presidenciais.

O documento afirma que as supostas ações de Putin visavam minar o processo democrático, favorecendo Donald Trump e denegrindo a imagem da candidata democrata Hillary Clinton. De acordo com o relatório, a operação consistiu em ataques informáticos contra o Partido Democrata.

Mike Pence, vice-presidente eleito, garantiu esta sexta-feira que “o presidente eleito deixou claro que vai tomar medidas agressivas, logo nos primeiros dias da nova administração, para combater a pirataria informática e proteger a segurança dos norte-americanos deste tipo de intrusão no futuro”.

Horas antes, em declarações ao New York Times, Donald Trump afirmou a polémica em torno da possível ingerência do Kremlin na campanha das presidenciais era “uma caça às bruxas” e uma perseguição dos adversários políticos que se sentiram envergonhados pela derrota eleitoral.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA: Serviços secretos revelam métodos de ingerência russos

Serviços secretos americanos identificam espiões dos emails do Partido Democrata

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"