Ataque no Quebeque: apenas um dos dois detidos é considerado suspeito

Ataque no Quebeque: apenas um dos dois detidos é considerado suspeito
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As autoridades canadianas anunciaram que apenas um dos dois jovens detidos na sequência do tiroteio numa mesquita da cidade de Quebeque, que fez seis mortos, é suspeito da autoria do…

PUBLICIDADE

As autoridades canadianas anunciaram que apenas um dos dois jovens detidos na sequência do tiroteio numa mesquita da cidade de Quebeque, que fez seis mortos, é suspeito da autoria do ataque. Segundo meios de comunicação locais, trata-se de um franco-canadiano de nome Alexandre Bissonnette, estudante da Universidade de Laval, próxima da mesquita. O outro detido, identificado como Mohamed Khadir, de origem marroquina, foi libertado e é agora considerado como testemunha.

Denis Turcotte, inspetor da polícia do Quebeque, explicou que, depois do ataque, “foi detido um primeiro suspeito. Por volta das 20h10, um segundo suspeito comunicou com a central [da polícia], mencionando estar armado, e falou do gesto [que tinha cometido], parecendo querer colaborar”.

Turcotte não indicou se o segundo suspeito em questão, considerado agora como o único atacante, avançou um motivo para as ações, classificadas pelo primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, como um “ato terrorista” contra a comunidade muçulmana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Condenação internacional do "ataque terrorista" contra mesquita do Quebeque

União Europeia e Canadá criam Aliança Verde

Canadá promete mais 450 milhões de euros em armamento à Ucrânia