Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

MWC: 5G - Um salto rumo à internet das coisas que promete mudar a nossa vida

MWC: 5G - Um salto rumo à internet das coisas que promete mudar a nossa vida
Tamanho do texto Aa Aa

A quinta geração de internet móvel – as redes 5G – é um dos grandes destaques no Mobile World Congress (MWC), em Barcelona, mesmo que o serviço só deva estar disponível a partir de 2020, dentro de três anos.

Para além de aumentar em várias vezes a velocidade em relação às atuais redes 4G, as redes 5G prometem dar um salto na conectividade à chamada internet das coisas (IoT, na sigla em inglês).

Matt Branda, diretor de marketing da Qualcomm – uma das empresas que desenvolve esta tecnologia – explica que o “5G não é apenas mais velocidade. Também vai permitir que as redes móveis se liguem a uma série de indústrias, aparelhos e serviços. Não será apenas conectar pessoas, mas também conectar-nos com o mundo à nossa volta: carros, saúde, drones, tudo será conectado através de redes 5G”.

Empresas, como a Ericsson, estimam que as redes 5G representam uma “oportunidade incrível”, que irá valer 1,2 biliões de dólares (US $1,2 trillion) em 2026, dentro de menos de 10 anos.

Por exemplo, graças a uma menor latência, que melhora o tempo de resposta, será possível controlar mais facilmente objetos à distância.