\n
\nUma testemunha disse \u00e0 *AFP* que ouviu *\u0022quatro tiros\u0022*, quando se encontrava na fila do *_check in_* de um voo para *Telavive*, Israel.\n
\n

L'assaillant d'Orly \u0022connu des services de police et de renseignement\u0022 - Min. Int\u00e9rieur Le Roux

— Agence France-Presse (afpfr) 18 mars 2017\n \n \n\nUma funcion\u00e1ria do aeroporto disse \u00e0 ag\u00eancia que havia um grande aparato na zona, com alguma confus\u00e3o entre pol\u00edcias, militares e passageiros.\n\n Entretanto, a pol\u00edcia disse que um agente ficou ligeiramente ferido depois de ter sido alvo de um disparo de um homem perto da localidade de Stains (departamento de Seine-Saint-Denis, nordeste de Paris), pouco antes das sete da manh\u00e3 locais.\n\n Stains fica a cerca de 40 quil\u00f3metros do aeroporto internacional de Orly.\n\n Segundo o ministro franc\u00eas do Interior (Administra\u00e7\u00e3o Interna), Bruno Le Roux, o homem seria o mesmo que disparou sobre o agente. As autoridades relacionam-no com a tentativa de furto de um ve\u00edculo em Vitry-sur-Seine, tamb\u00e9m na manh\u00e3 de s\u00e1bado.\n \n\n [#Orly] Il n'y a pas de victime ou de bless\u00e9 \u00e0 d\u00e9plorer. L'op\u00e9ration d\u00e9minage est termin\u00e9e mais l'a\u00e9roport est toujours ferm\u00e9 pic.twitter.com/tlo0qwuDjX\u2014 Minist\u00e8re Int\u00e9rieur (@Place_Beauvau) 18 mars 2017\n \n \n\nO homem, abatido pelos agentes, tem, segundo o minist\u00e9rio do Interior, 39 anos e era conhecido da pol\u00edcia por deleitos de direito comum, como assalto \u00e0 m\u00e3o armada e tr\u00e1fico de estupefacientes. \n\n Tinha, no entanto, sido definido como \u201cradicalizado\u201d pelas autoridades e foi alvo de uma investiga\u00e7\u00e3o, em 2015. \n\n A interven\u00e7\u00e3o das autoridades locais no aeroporto terminou pouco antes das 11 horas, sem que tivessem sido encontrados quaisquer explosivos.\n\n O terminal Orly Ouest foi reaberto por volta das 13 horas.", "dateCreated": "2017-03-18 13:00:18", "dateModified": "2017-03-18 13:00:18", "datePublished": "2017-03-18 13:00:18", "image": { "@type": "ImageObject", "url": "https://static.euronews.com/articles/360901/1440x810_360901.jpg", "width": "1440px", "height": "810px", "caption": "Aeroporto de Orly: N\u00e3o h\u00e1 explosivos. Voos TAP divergem para Charles de Gaulle.", "thumbnail": "https://static.euronews.com/articles/360901/1440x810_360901.jpg", "publisher": { "@type": "Organization", "name": "euronews", "url": "https://static.euronews.com/website/images/euronews_logo.png" } }, "author": { "@type": "Person", "name": "Antonio Oliveira E Silva", "url": "oliveira-esilva", "sameAs": "https://twitter.com/euronewspt" }, "publisher": { "@type": "Organization", "name": "Euronews", "legalName": "Euronews", "url": "http://pt.euronews.com/", "logo": { "@type": "ImageObject", "url": "https://static.euronews.com/website/images/euronews_logo.png", "width": "688px", "height": "102px" }, "sameAs": [ "https://www.facebook.com/pt.euronews", "https://twitter.com/euronewspt", "https://flipboard.com/@euronewspt", "https://www.linkedin.com/company/euronews" ] }, "video": { "@type": "VideoObject", "name": "Aeroporto de Orly: N\u00e3o h\u00e1 explosivos. Voos TAP divergem para Charles de Gaulle.", "description": "Homem abatido tinha cadastro criminal. Terminal reaberto ao in\u00edcio da tarde.", "thumbnailUrl": "https://static.euronews.com/articles/360901/385x202_360901.jpg", "width": "385px", "height": "202px", "uploadDate": "2017-03-18 13:00:18", "duration": "PT1M25S", "contentUrl": "https://video.euronews.com/mp4/EN/NW/SU/17/03/18/pt/170318_NWSU_120B0-130509_P.mp4", "embedUrl": "", "publisher": { "@type": "Organization", "name": "Euronews", "legalName": "Euronews", "url": "http://pt.euronews.com/", "logo": { "@type": "ImageObject", "url": "https://static.euronews.com/website/images/euronews_logo.png", "width": "688px", "height": "102px" }, "sameAs": [ "https://www.facebook.com/pt.euronews", "https://twitter.com/euronewspt", "https://flipboard.com/@euronewspt", "https://www.linkedin.com/company/euronews" ] } } }, { "@type": "BreadcrumbList", "itemListElement": [ { "@type": "ListItem", "position": 1, "name": "Home", "item": "https://pt.euronews.com/" }, { "@type": "ListItem", "position": 2, "name": "Not\u00edcias", "item": "https://pt.euronews.com/noticias" }, { "@type": "ListItem", "position": 3, "name": "Mundo", "item": "https://pt.euronews.com/noticias/internacional" }, { "@type": "ListItem", "position": 4, "name": "Aeroporto de Orly: N\u00e3o h\u00e1 explosivos. Voos TAP divergem para Charles de Gaulle.", "item": "https://pt.euronews.com/2017/03/18/um-homem-abatido-em-orly-nao-foram-encontrados-explosivos-dois-avies-da-tap" } ] }, { "@type": "WebSite", "name": "Euronews.com", "url": "http://pt.euronews.com/", "potentialAction": { "@type": "SearchAction", "target": "http://pt.euronews.com/search?query={search_term_string}", "query-input": "required name=search_term_string" }, "sameAs": [ "https://www.facebook.com/pt.euronews", "https://twitter.com/euronewspt", "https://flipboard.com/@euronewspt", "https://www.linkedin.com/company/euronews" ] } ] }

Última hora

Última hora

Aeroporto de Orly: Não há explosivos. Voos TAP divergem para Charles de Gaulle.

Aeroporto de Orly: Não há explosivos. Voos TAP divergem para Charles de Gaulle.
Tamanho do texto Aa Aa

Com AFP e Lusa

Agentes de segurança franceses abateram, na manhã deste sábado, um homem que tentou roubar uma arma a uma agente do dispositivo de segurança Operation Sentinelle no terminal Sud do aeroporto internacional de Orly, a sul de Paris.

Segundo as autoridades, teria havido momentos de tensão entre os agentes e o atacante, que teria tomado uma das militar como refém, durante alguns momentos.


O incidente teve lugar às 08:30 locais e fez com que as autoridades evacuassem o terminal, onde cerca de 3 mil passageiros aguardavam os seus voos.

É no terminal de Orly Ouest que companhias como a portuguesa TAP e a low costEasyJet realizam os seus voos entre Portugal e Paris. Orly Ouest sofreu também algumas perturbações, com os passageiros impedidos de circularem nas instalações.


A agência portuguesa Lusa disse que dois voos TAP, provenientes de Lisboa foram desviados para o aeroporto internacional Charles de Gaulle.

A ANA- Aeroportos de Portugal, pediu aos passageiros com destino ao aeroporto de Orly, provenientes de aeroportos portugueses, que verificassem o estado dos voos.

Estão previstas cerca de 20 ligações entre território português e Orly este sábado.


Uma testemunha disse à *AFP* que ouviu *"quatro tiros"*, quando se encontrava na fila do *_check in_* de um voo para *Telavive*, Israel.

Uma funcionária do aeroporto disse à agência que havia um grande aparato na zona, com alguma confusão entre polícias, militares e passageiros.

Entretanto, a polícia disse que um agente ficou ligeiramente ferido depois de ter sido alvo de um disparo de um homem perto da localidade de Stains (departamento de Seine-Saint-Denis, nordeste de Paris), pouco antes das sete da manhã locais.

Stains fica a cerca de 40 quilómetros do aeroporto internacional de Orly.

Segundo o ministro francês do Interior (Administração Interna), Bruno Le Roux, o homem seria o mesmo que disparou sobre o agente. As autoridades relacionam-no com a tentativa de furto de um veículo em Vitry-sur-Seine, também na manhã de sábado.


O homem, abatido pelos agentes, tem, segundo o ministério do Interior, 39 anos e era conhecido da polícia por deleitos de direito comum, como assalto à mão armada e tráfico de estupefacientes.

Tinha, no entanto, sido definido como “radicalizado” pelas autoridades e foi alvo de uma investigação, em 2015.

A intervenção das autoridades locais no aeroporto terminou pouco antes das 11 horas, sem que tivessem sido encontrados quaisquer explosivos.

O terminal Orly Ouest foi reaberto por volta das 13 horas.