EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Iraque: Forças militares desmentem raide aéreo no oeste de Mosul

Iraque: Forças militares desmentem raide aéreo no oeste de Mosul
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O caos e as mortes em Mosul parecem não ter um fim à vista.

PUBLICIDADE

O caos e as mortes em Mosul parecem não ter um fim à vista. A ofensiva para recuperar o controlo da cidade iraquiana pode ter provocado dezenas de vítimas nos últimos dias. No sábado foi avançada a informação de que um raide aéreo da coligação liderada pelos Estados Unidos, na zona oeste da cidade teria provocado cerca de 200 mortos. Os responsáveis da coligação confirmaram o ataque e garantiram que já tinham começado uma investigação. Mas este domingo, os responsáveis militares iraquianos desmentiram o raide e confirmaram a morte de 61 pessoas vítimas de uma derrocada de um edifício.

Recorde-se que as forças iraquianas, apoiadas pela coligação internacional “antijihadista” liderada pelos Estados Unidos, lançaram uma ofensiva para recuperar o oeste de Mosul a 19 de fevereiro, depois da conquista do leste da cidade em janeiro.

Entretanto, a ONU estima que 400 mil civis iraquianos estão presos na Cidade Velha de Mosul. Mais de 180 mil civis fugiram do oeste da cidade no mês passado e acredita-se que outros 320 mil possam fazer o mesmo nas próximas semanas. Há ainda relatos feitos por moradores que conseguiram fugir, que garantem que os membros os Estado Islâmico estão a usar civis como escudo humano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bombardeamentos mataram 200 civis em Mossul, EUA investigam

Iraque: Incêndio num casamento faz mais de uma centena de mortos entre eles os noivos

Dois soldados israelitas mortos em ataque do Hamas na Faixa de Gaza