A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Presidente da Autoridade Palestiniana procura apoios em Bruxelas

Presidente da Autoridade Palestiniana procura apoios em Bruxelas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Numa demonstração de posição comum, o presidente da Autoridade Palestiniana e o presidente da Comissão Europeia chegaram de mãos dadas à sala de conferências de imprensa, em Bruxelas. Mahmoud Abbas encontrou-se primeiro com a chanceler alemã e depois procurou o apoio das instituições europeias. A Alta-representante da diplomacia europeia foi quem explicou a posição de Bruxelas. Federica Mogherini lembrou que “continuamos a promover uma solução negociada de dois Estados. Para nós é a única opção viável para pôr fim ao conflito. A nossa política não mudou, Jerusalém deve ser a capital dos dois futuros Estados e apoiamos a presença palestiniana em Jerusalém Este”.

Mahmoud Abbas voltou a sublinhar que “os acordos internacionais sobre os quais nos baseamos, sobretudo o plano de paz da União Europeia para a região, fazem referência a uma solução de dois Estados, com base nas fronteiras de 1967 para que a Palestina e Israel possam viver juntos e em paz”.

Recorde-se que as negociações de paz entre Israel e a Palestina estão congeladas desde 2014. A construção dos colonatos continua a ser o principal ponto de discórdia.

Na comunidade internacional esta solução ainda não é consensual. No mês passado, o presidente dos Estados Unidos recebeu o primeiro-ministro israelita em Washington e mostrou-se favorável a uma solução…de um ou dois Estados. Entretanto, Israel, mesmo com a reprovação da ONU, continua a construir os colonatos nas zonas ocupadas.