Última hora

Eurodeputados pedem nova investigação ao governo da Hungria

Eurodeputados pedem nova investigação ao governo da Hungria
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro grupos políticos do Parlamento Europeu consideram que a Hungria poderá estar a violar os valores fundamentais da União Europeia.

Do centro-direita aos socialistas, passando por liberais e esquerda ecologista, os eurodeputados exigiram, quarta-feira, um processo de averiguações que tem por base o caso de uma universidade, em Budapeste, visada pelo governo autocrático de Viktor Orban.

A eurodeputada polaca de centro-direita Roza Thun disse que “todos temos que respeitar os valores que subscrevemos, em especial os valores da liberdade, democracia, direitos humanos e paz. Quando penso na Universidade Central Europeia, penso que uma das mais importantes é a liberdade de educação”.

A Comissão Europeia e o Conselho da Europa vão, também, analisar a lei húngara que pode levar ao encerramento da universidade financiada pelo filantropista norte-americano George Soros.

A eurodeputada holandesa liberal Sophia in’t Veld afirmou que “o meu grupo político, Aliança dos Liberais, está a favor de que se invoque o artigo 7 do Tratado da União. Tal significa iniciar um processo de diálogo e de investigação”.

“Por fim, se o governo não responder e não acatar a decisão, poderá ser alvo de sanções. Esperemos que não se chegue a um ultimato, mas gostaria muito que os Estados-membros também se pronunciassem’‘, acrescentou Sophia in’t Veld .

Uma das sanções pode ser a perda do direito de voto no Conselho Europeu.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.