Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Turquia: Dia do trabalhador marcado por manifestações e confrontos com a polícia

Turquia: Dia do trabalhador marcado por manifestações e confrontos com a polícia
Tamanho do texto Aa Aa

Na Turquia, o primeiro de maio, dia do trabalhor, foi marcado manifestações e confrontos. Os sindicatos não convocaram marchas para a praça Taksim em Istambul, mas os pequenos partidos não perderam a oportunidade para protestar contra as políticas do governo.

Para dispersar os cerca de 200 manifestantes a polícia montou barreiras e no meio dos confrontos disparou mesmo balas de borracha e usado gás lacrimogéneo. Os meios de comunicação turcos falam em cerca de 30 detenções.
Duas semanas após a realização do referendo que deu ainda mais poderes ao presidente, continua a tensão com os movimentos de oposição. Os manifestantes garantem que vão continuar a lutar pelos direitos dos trabalhadores e contra o que chamam de “ditadura de Erdogan”.