Ex-agente de Alanis Morrissette preso por roubar artistas

Ex-agente de Alanis Morrissette preso por roubar artistas
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Terá desviado cinco milhões de dólares da cantora e gasto o dinheiro no jogo.

PUBLICIDADE

O antigo agente de Alanis Morissette e outros nomes da música foi condenado a seis anos de prisão por alegadamente ter roubado dinheiro aos artistas que representava. Só da cantora canadiana, terá desviado cinco milhões de dólares, o que, segundo a própria, lhe destruiu os sonhos.

Jonathan Todd Schwartz terá gasto o dinheiro no jogo. Segundo o advogado, o ex-agente está arrependido: “Ele abriu um novo capítulo há cerca de um ano. Um capítulo baseado na aceitação da responsabilidade pelos crimes, em falar com as vítimas, pedir-lhes desculpa, mudar de vida, tratar o vício e começar uma nova vida”, diz Nathan Hochman.

Temas como “Ironic” fizeram de Alanis Morrissette uma estrela nos anos 90, mas a carreira entrou num impasse a partir da última década. Uma fase negativa, para a qual terá contribuído a má gestão de Schwartz.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude

Juiz condena Trump a pagar 355 milhões de dólares por ter mentido sobre a sua fortuna

Juíza atacada pelo réu enquanto lia sentença em tribunal