EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Justiça italiana investiga Ismail Hosni

Justiça italiana investiga Ismail Hosni
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Jovem de 20 anos tem dupla nacionalidade, italiana e tunisina. Esfaqueou um polícia e dois soldados durante um controlo de identificação numa estação de comboios, em Milão.

PUBLICIDADE

Com Reuters

A Justiça italiana abriu uma investigação sobre um homem que esfaqueou um agente da polícia e dois soldados na principal estação ferroviária milanesa, Minalo Centrale. As autoridades suspeitariam de que se tratou de um ataque com motivações ligadas ao terrorismo jihadista internacional.

Segundo a polícia, Ismail Hosni, de 20 anos, atacou os três homens depois de um deles lhe ter pedido a identificação. As imagens das câmaras de segurança da estação mostram o jovem a ser abordado pelo agente e pelos dois militares. Momentos depois, atacou o polícia com uma faca e acabou por ser imobilizado pelos três homens.

O suspeito tem dupla nacionalidade, italiana e tunisina. Poderá vir a ser acusado de tentativa de homicídio. As autoridades querem também saber se Hosni tem mantido contacto com grupos militantes jihadistas.

Recentemente, os investigadores ordenaram o fecho de uma página do Facebook, com conteúdo considerado ilegal, por fazer propaganda às ações dos jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico ou Daesh (sigla em língua árabe).

Arrestato per tentato omicidio l’aggressore dell’agente della #poliziaferroviaria e dei militari alla stazione di Milano pic.twitter.com/oygcVpOzgZ

— Polizia di Stato (@poliziadistato) 19 de maio de 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estudantes de Milão montam acampamento em solidariedade com a Palestina

Polícia italiana detém alegado membro ativo do Estado Islâmico em Roma

Giorgio Armani acusada de ter fábricas ilegais na Lombardia e exploração laboral