EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Coreia do Norte rejeita "categoricamente" condenação da ONU

Coreia do Norte rejeita "categoricamente" condenação da ONU
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

A Organização das Nações Unidas condenou esta segunda-feira o último míssil lançado pela Coreia do Norte e ameaça endurecer as sanções contra o isolado regime de Pyongyang.

A declaração do Conselho de Segurança da ONU foi unânime, incluindo a China, aliado tradicional da Coreia do Norte. Esta “rejeita categoricamente” a posição das Nações Unidas, atribuindo “aos Estados Unidos e aos seus seguidores” a posição do Conselho de Segurança, adiantando que “os norte-americanos são obcecados com a sua hostilidade e repugnância inveterada.”

A Coreia do Norte lançou um míssil de médio porte no domingo passado e mesmo sob inúmeras sanções não parece disposta a abdicar dos programas nuclear e balístico. Já fez dezenas de lançamentos de mísseis e dois testes nucleares desde o início de 2016. Estará mesmo a fazer grandes avanços, segundo especialistas, no desenvolvimento de um míssil balístico internacional capaz de atingir os Estados Unidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kim Jong-Un quer plano de "longo prazo" para relações bilaterais com a Rússia

"Novo nível estratégico" nas relações entre a Rússia e a Coreia do Norte

Kim Jong-Un regressa a casa após visita à Rússia