Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Concerto sem barreiras na fronteira entre EUA e México

Concerto sem barreiras na fronteira entre EUA e México
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A música quase pode derrubar muros entre os Estados Unidos e o México. Vários artistas alemães e mexicanos responderam, no sábado, ao apelo da orquestra sinfónica de Dresden, ao realizarem um concerto em Tijuana, frente e contra o muro defendido por Donald Trump. Um concerto rejeitado do lado americano por questões de segurança.

Segundo o diretor da orquestra, Markus Rindt, “a primeira ideia era a de realizar um pequeno concerto, tocar apenas uma música junto ao muro, gravar e publicar o vídeo na internet. Mas agora conseguimos reunir cerca de cem artistas neste concerto é fantástico”.

Do outro lado do muro, a música era no entanto outra, com dezenas de manifestantes pró-Trump a gritarem palavras de ordem a favor da extensão da barreira, cujo financiamento foi rejeitado para já pelo congresso norte-americano.

Protestos que não fazem desafinar os músicos alemães:

“A mensagem é não fiquem fechados face às outras pessoas. Mente aberta e fronteiras abertas e coração aberto”, remata o baixista da orquestra de Dresden.