EUA: bloqueio do Catar é "bastante complicado"

EUA: bloqueio do Catar é "bastante complicado"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Secretário da Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, diz que bloqueio imposto ao Catar por países do Golfo constitui "situação bastante complicada".

PUBLICIDADE

O bloqueio ao Catar por parte de países do Golfo Pérsico constitui uma “situação bastante complicada”, nas palavras do secretário da Defesa dos Estados Unidos, James Mattis.

A Arábia Saudita, aliada de Washington, juntamente com os Emirados Árabes Unidos, o Bahrein e o Egito cortaram as ligações diplomáticas e aéreas com o Catar, acusando o país de apoiar o terrorismo.

Mattis: “Penso que o príncipe Thani herdou uma situação bastante complicada e está a tentar virar a sociedade na direção certa. Mas todos concordamos em que o financiamento de qualquer tipo de grupo terrorista é hostil a todos os nossos interesses.”

Esta segunda-feira, o ministro dos Negócios Estrangeiros do Catar manifestou-se favorável à oferta de mediação do Koweit e agradeceu os esforços diplomáticos para solucionar a crise, mas frisou que ninguém pode ditar a política externa do país.

Os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita e o Bahrein precisaram hoje, em comunicado, que o embargo aéreo imposto ao Catar apenas de aplica às companhias pertencentes ou registadas no país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O reinado dos desportos com raquete no Catar, do ténis ao padel

Catar: promover o desporto como um pilar da nação

Ciência, negócios e desportos: Mulheres que estão a fazer a diferença no Qatar