Trump volta a apertar a mão a Macron em Paris a 14 de julho

Trump volta a apertar a mão a Macron em Paris a 14 de julho
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Presidente francês convidou e o homólogo americano aceitou participar na festa nacional gaulesa.

PUBLICIDADE

Depois de primeiro encontro em maio, na véspera de uma cimeira da NATO, que correu mundo devido a um aparente duelo de apertos de mão, Emmanuel Macron e Donald Trump vão voltar a encontrar-se em Paris, a 14 de julho.

O Presidente dos Estados Unidos aceitou o convite do homólogo francês para participar nas celebrações da festa nacional gaulesa do Dia da Bastilha, numa data manchada há um ano por um trágico atentado terrorista em Nice.

De acordo com o Palácio do Eliseu e a Casa Branca, Donald Trump vai participar nos festejos da tomada da Bastilha também no âmbito do centenário da entrada dos Estados Unidos na Primeira Guerra Mundial.

100 ans après l’entrée des États-Unis dans la 1re guerre mondiale, realDonaldTrump</a> sera à nos côtés le 14 juillet.<a href="https://t.co/Rmuw2g1Sc5">https://t.co/Rmuw2g1Sc5</a> <a href="https://t.co/R3lLch5mii">pic.twitter.com/R3lLch5mii</a></p>— Élysée (Elysee) 28 de junho de 2017

O Eliseu acrescenta que um contingente de soldados americanos vai integrar o tradicional desfile das forças armadas francesas pela avenida dos Campos Elíseos.

A Casa Branca revela ainda que Macron e Trump deverão aproveitar o reencontro para aprofundar a cooperação antiterrorismo e a parceria económica entre ambos os países.

.POTUS</a> Has Accepted <a href="https://twitter.com/EmmanuelMacron">EmmanuelMacron‘s Invitation to visit for #BastilleDay, reaffirming America’s strong ties of friendship with France. pic.twitter.com/FvPt5D4HDL

— Sean Spicer (@PressSec) 28 de junho de 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cerimónia histórica: guardas britânicos no Eliseu e franceses no Palácio de Buckingham

Costa de Marselha invadida por pequenos organismos nauseabundos

Polícia encontra mais de 60 quilos de canábis em casa de autarca francesa