A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Encontro entre Putin e Trump em Hamburgo

Encontro entre Putin e Trump em Hamburgo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin e Donald Trump, duas figuras políticas tão polémicas quanto indissociáveis, encontraram-se pela primeira vez desde as eleições presidenciais de 2016 à margem da cimeira do G20, em Hamburgo, esta sexta-feira.

A frieza institucional manteve-se durante uma conferência de imprensa, mas o presidente dos Estados Unidos também deixou palavras de sintonia e reiterou ter tido conversas “muito boas” com o homólogo russo.

“Ansiamos por muitas coisas boas e positivas que vão acontecer para a Rússia, para os Estados Unidos e para todos os envolvidos. É uma honra estar consigo”, disse Trump.

Na resposta, o presidente russo manteve o tom cordial e afirmou estar “encantado” por poder encontrar Trump em pessoa. Vladimir Putin acrescentou que as conversas por telefone nunca são suficientes e que ambos precisam de contacto pessoal se querem “ter um resultado positivo nas relações bilaterais e ser capazes de resolver o problemas internacionais mais agudos.”

Após as declarações, Trump e Putin seguiram para um encontro à porta fechada com o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, e o ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergey Lavrov.