This content is not available in your region

Irão acusa EUA de "violar" acordo nuclear

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com AFP
Irão acusa EUA de "violar" acordo nuclear

O Irão diz que as novas sanções norte-americanas, votadas pelo Congresso dos Estados Unidos e promulgadas por Donald Trump, constituem uma “violação” do acordo nuclear.

O vice-ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros disse que o seu país vai “reagir em consequência, de forma apropriada”. Abbas Araghchi afirmou que “o objetivo principal da legislação norte-americana é assustar as grandes companhias e impedir que cooperem com o Irão”.

O Parlamento iraniano começou a estudar um projeto de lei para reforçar o programa balístico do país e a Guarda da Revolução, “para lutar contra as ações de Washington”.

Concluído em julho de 2015, o acordo com as grandes potências prevê a limitação do programa nuclear de Teerão aos usos civis, em troca do levantamento progressivo das sanções.

O presidente iraniano, Hassan Rohani, tomou posse esta quinta-feira para um segundo mandato, sob pressão, tanto pelo recrudescimento das tensões com os Estados Unidos, como pelas críticas internas da ala mais conservadora, que o acusa de fazer demasiadas concessões ao Ocidente.