Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Coreia do Norte aponta mísseis a Guam

Coreia do Norte aponta mísseis a Guam
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Coreia do Norte diz estar pronta a disparar quatro mísseis em direção ao território norte-americano de Guam.

No plano detalhado, dado a conhecer quinta-feira pela agência de notícias da Coreia do Norte, KCNA, que cita o general Kim Rak Gyom, comandante da Força Estratégica do Exército Popular Coreano, Pyongyang revela a intenção de disparar quatro mísseis que irão sobrevoar o Japão e atingir o Pacífico a cerca de 40 quilómetros da ilha de Guam, fora das águas territoriais dos Estados Unidos.

A revelação do plano norte-coreano, que estará finalizado em meados de agosto, surgiu em reação ao aviso do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que Washington irá responder com “fogo e fúria jamais vistos” se as ameaças de Pyongyang não cessarem.

Localizada no oeste do Pacífico, a cerca de 3.500 km da Coreia do Norte, na ilha de Guam vivem 162 mil pessoas. A ilha está equipada com um escudo antimísseis THAAD e é base de várias instalações militares estratégicas para os Estados Unidos.

Entretanto, o Governo japonês fez um “apelo veemente para que a Coreia do Norte preste atenção aos avisos da comunidade internacional, cumpra as resoluções da ONU e se abstenha de outras provocações”.