Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Governo português declara estado de calamidade

Governo português declara estado de calamidade
Tamanho do texto Aa Aa

O Governo português declarou o estado de calamidade pública face à previsão do agravamento do risco de incêndio, nos próximos dias, nas regiões Centro e Norte do país mas também em alguns concelhos do distrito de Beja e sota-vento algarvio.

A decisão tem efeitos preventivos e inclui um regime especial de contratação pública, entre outras medidas, enquanto legitima “o livre acesso”, da Proteção Civil, à propriedade privada.

As temperaturas, em Portugal Continental, continuam elevadas, para o próximo domingo preveem-se máximas a oscilarem entre os 33 e os 40 graus Celsius.

A autoestrada do Norte está cortada, nos dois sentidos, entre Albergaria-a-Velha e Aveiro Sul, distrito de Aveiro, devido a um incêndio.

Mas é o fogo no concelho de Mação, no distrito de Santarém, que continua a ser o mais preocupante e aquele para onde foram mobilizados o maior número de bombeiros.

No distrito de Castelo Branco o incêndio em Vila de Rei está em fase de resolução e o do Louriçal do Campo em conclusão.

Em Ribeira de Pena, distrito de Vila Real, o incêndio está também em fase de resolução.