Última hora

Muçulmanos preparam-se para o Hajj

Muçulmanos preparam-se para o Hajj
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Chegam de todos os cantos do mundo e têm em mente a devoção a Alá. Meca é por estes dias o ponto de chegada de fieis que pretendem cumprir um dos cinco pilares do Islão: a peregrinação obrigatória do bom muçulmano, pelo menos uma vez na vida.

É o Hajj e acontece entre o oitavo e o décimo terceiro dia, do último mês do calendário islâmico. Este ano começa esta quarta-feira.

Para já, de acordo com números oficiais, já chegaram à Arábia Saudita pelo menos um milhão e setecentas mil pessoas. As autoridades sauditas dizem estar preparadas para lidar com os habituais problemas. O Crescente Vermelho dá uma ajuda.

“Estamos prontos, temos mais de 2400 profissionais a que se junta um grande número de voluntários. Contamos com cerca de 100 centros temporários na zona onde os peregrinos realizam os rituais de Meca. Contamos também com quatro helicópteros”, explica o Presidente do Crescente Vermelho, Mohammed Bin Abdullah al Qasem.

Movimentos de pânico, tumultos ou incêndios, por vezes acontece o pior. Ainda na memória está o incidente de 2015. Uma debandada originou 2.400 mortos, muitos deles iranianos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.