Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Dili e Camberra chegam a acordo para fronteiras marítimas

Dili e Camberra chegam a acordo para fronteiras marítimas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

(Lusa)

Timor-Leste e a Austrália alcançaram um acordo sobre os “elementos centrais” da delimitação de fronteiras marítimas entre os dois países e sobre o estatuto legal para o desenvolvimento do poço de gás de Greater Sunrise no Mar de Timor.

Segundo um comunicado de uma Comissão de Conciliação das Nações Unidas o acordo surgiu depois de uma nova ronda de encontros confidenciais entre delegações dos dois países que decorreram na última semana em Copenhaga.

O acordo abrange “os elementos centrais da delimitação dos limites fronteiriços no Mar de Timor (…) aborda o estatuto legal do campo de gás Greater Sunrise, o estabelecimento de um regime especial para Greater Sunrise, um caminho para o desenvolvimento do recurso e a partilha da receita resultante”.

Segundo informa a Comissão, o conteúdo concreto do acordo continuará, para já a ser confidencial, com as partes e a comissão a analisarem até outubro – quando o teor será divulgado – “várias questões e detalhes remanescentes”.

Xanana Gusmão fala em “acordo histórico

Citado no comunicado, Xanana Gusmão, responsável pela delegação timorense, saudou o acordo e agradeceu “a determinação e habilidade” da comissão em conduzir um processo “longo e às vezes difícil” que permite aos timorenses “alcançar o sonho de soberania total e finalmente estabelecer os limites marítimos com a Austrália”.

“Este é um acordo histórico e marca o início de uma nova era na relação de amizade entre Timor-Leste e a Austrália”, referiu.

Também a chefe da diplomacia australiana, Julie Bishop, saudou o acordo que classificou como um “dia histórico na relação entre Timor-Leste e Austrália. Este acordo, que vai de encontro ao interesse nacional de ambas as nações, reforça os laços de longa data entre os nossos Governos e os nossos povos”, disse.

Novos encontros até outubro

Os dois países vão continuar a reunir-se para fechar o acordo até outubro e vão começar a reunir-se com outras partes interessadas para desenvolver Greater Sunrise.

Os campos do Greater Sunrise, localizados em 1974, contêm reservas estimadas de 5,1 triliões de pés cúbicos de gás e estão localizados no mar de Timor, aproximadamente a 150 quilómetros a sudeste de Timor-Leste e a 450 quilómetros a noroeste de Darwin, na Austrália.

A concessão do Greater Sunrise é controlada pela Woodside (o operador com 33%) a que se somam a ConocoPhillips, a Royal Dutch Shell e a Osaka Gas.