Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Dilma Rousseff e Lula da Silva acusados de organização criminosa

Dilma Rousseff e Lula da Silva acusados de organização criminosa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os antigos presidentes do Brasil, Lula da Silva e Dilma Rousseff, foram acusados de organização criminosa e de desvio de fundos da petrolífera brasileira, Petrobrás, no âmbito do caso Lava-Jato. Lula e Dilma já afirmaram que a acusação deduzida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) não tem fundamento.

A PGR acusou ainda os ex-ministros Antonio Palocci, Guida Mantega e Paulo Bernardo; a presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann e o marido, e os ex-tesoureiros do PT João Vaccari e Edinho Silva.

Mas as acusações de corrupção atingem também elementos ligados ao atual presidente Michel Temer. Na terça-feira, a Polícia Federal brasileira encontrou malas e caixas cheias de dinheiro num apartamento que aparentemente era utilizado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima, que está em prisão domiciliária e é acusado de corrupção.