Helicóptero dispara acidentalmente contra veículos durante exercício militar

Helicóptero dispara acidentalmente contra veículos durante exercício militar
Direitos de autor 
De  Antonio Oliveira E Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Moscovo nega que tenha havido quaisquer feridos por causa do incidente.

PUBLICIDADE

Um helicóptero russo disparou acidentalmente contra um conjunto de veículos estacionados durante um treino militar parte da operação Zapad, (“Oeste” em língua russa).

O incidente perto da base militar de Luzhskiy, perto de São Petersburgo. As informações podem encontradas nas redes sociais, colocadas por cidadãos russos.

Não foi possível à Euronews, no entanto, confirmar a autenticidade das imagens.

O site fontanka.ru divulgou imagens nas quais pode ver-se um helicóptero dispara uma rajada de tiros que atingem um camião militar.

Nas imagens pode ver-se também o que parece ser um homem caído no chão.

Pelo menos duas pessoas terão ficado feridas, segundo informações de sites russos. O ministério Federal da Defesa, no entanto, diz que não houve qualquer ferido.

Operação Zapad deixa NATO inquieta

Segundo a agência Estatal russa Interfax, que cita fontes militares próximas do local onde teve lugar o acidente, o aparelho terá assumido como alvo os veículos que se encontravam no parque de estacionamento.

Os exercícios militares da operação Zapad 2017 tiveram a duração de uma semana e incluiram operações com 13 mil tropas, segundo Moscovo.

Western Military District refutes rumors of journalists hit at #Zapad2017 exercisehttps://t.co/fhYWBNqt2npic.twitter.com/ZUs4Buxyen

— TASS (@tassagency_en) 19 de setembro de 2017

No entanto, a NATO/OTAN diz que terão estado envolvidos cerca de 100 mil soldados, acusando Moscovo de levar a cabo um simulacro de confronto com tropas da Aliança Atlântica. Moscovo rejeitou as acusações da NATO, que classificou como “histeria”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia aborta lançamento do foguetão Angara-A5 a minutos da descolagem

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"

Centenas de russos protestam contra “inércia” das autoridades após inundações