Última hora

Mergulho livre no cenário grego de Luc Besson

Mergulho livre no cenário grego de Luc Besson
Tamanho do texto Aa Aa

No final dos anos 80, Luc Besson mergulhou-nos na rivalidade entre dois amigos de infância, tornados adultos e famosos como mergulhadores livres com o filme “Le Grand Bleu”, em francês, ou “Vertigem Azul”, na versão portuguesa.

Quase 30 anos anos depois, e durante uma semana, cerca de 3 dezenas de desportistas de vários países suspenderam o fôlego para mergulhar livremente no mesmo cenário, ao largo da ilha de Amorgos, Grécia, em águas com 150 metros de profundidade.

A primeira edição da competição Authentic Big Blue foi arrebatada pela ucraniana Natalia Zharkova a vencer as 3 disciplinas femininas e com o italiano Homar Leuci a ganhar os 100 e 70 metros.

Miguel Lozano, campeão mundial de mergulho livre ganhou na sua categoria, chegando aos 100 metros de profundidade.

Os mergulhadores, disseram, sentiram-se não como peixe na água, mas como personagens no filme de Besson, que ainda é considerado como o seu melhor filme.

Umas estrelas do mar, portanto, que prometem voltar a Amorgos para a segunda edição da competição Authentic Big Blue.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.