EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Megaoperação antimáfia em Itália

Megaoperação antimáfia em Itália
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma megaoperação policial deteve mais de 20 pessoas ligadas à 'Ndraghetta, a máfia italiana calabresa, agora a operar no norte de Itália

PUBLICIDADE

A madrugada desta terça-feira acabou com mais de 20 pessoas detidas numa operação anti-mafia na região da Lombardia, Itália.

Entre os detidos, um presidente de câmara eleito pelo partido de Silvio Berlusconi, Forza Italia. Edoardo Mazza é acusado de corrupção na adjudicação de contratos de construção a grupos ligados à ‘Ndranghetta, um grupo de crime organizado italiano.

Summit di #ndrangheta in centro intitolato a #Falcone e #Borsellino. Scoperte infiltrazioni cosche a #Milano VIDEO https://t.co/xEGwa3vE6y

— Agenzia ANSA (@Agenzia_Ansa) September 26, 2017

No total, 21 pessoas foram detidas, enquanto 3 foram postas em prisão domiciliária e outras 3 enfrentam também acusações que vão de extorsão a abuso de poder, dano corporal, tráfico de droga ou suborno, todas elas agravadas por ligação direta a crime agravado.

A investigação, coordenada pela Autoridade anti-mafia de Milão e procuradores em Monza, começou em 2015 e verificou a mobilidade da ‘Ndrangheta da Calabria, sul de itália, para a parte norte do país.

A Polícia acredita que cresceu mais do que as conhecidas máfias sicilianas e napolitanas, através do bem sucedido tráfico de cocaína proveniente da América Latina.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Megaoperação anti-máfia europeia contra 'Ndrangheta calabresa

Justiça diz que acordo com credores da Borsalino não é de tirar o chapéu

Chuvas torrenciais provocam inundações e caos no norte de Itália