EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Senadora republicana impede Trump de reformar o "Obamacare"

Senadora republicana impede Trump de reformar o "Obamacare"
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Susan Collins juntou-se aos senadores Rand Paul e John McCain. Os republicanos precisavam de 50 votos em 100 no Senado, onde ocupam 52 lugares.

PUBLICIDADE

Uma análise preocupante da chamada lei “Graham-Cassidy”, divulgada esta segunda-feira pelo Gabinete de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos, mostrou que milhões de norte-americanos poderiam ficar sem cobertura médica com a revogação do chamado “Obamacare.”

A nova tentativa republicana para reverter o plano de saúde instituído pelo antecessor do Presidente Donald Trump falhou porque a senadora republicana Susan Collins se opôs ao projeto de lei.

“Existem muitos problemas no Affordable Care Act que precisam de ser resolvidos. No entanto, para mim ficou claro que a proposta Graham-Cassidy não foi a resposta”, disse Susan Collins.

A oposição de Collins soma-se à dos senadores republicanos Rand Paul e John McCain. Os republicanos precisavam de 50 votos em 100 no Senado, onde ocupam 52 lugares.

Na semana passada Donald Trump – que sofre um novo revés – criticou abertamente o senador McCain por um novo bloqueio ao fim do “Obamacare”, uma das bandeiras de campanha do atual Presidente dos EUA.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líderes europeus apoiam NATO no meio da incerteza das eleições nos EUA

"Ninguém me está a empurrar para fora": Biden promete continuar a concorrer

Joe Biden defende o seu desempenho no debate, afirmando que sabe “fazer o seu trabalho”