Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Mais de 1.800 milhões de euros para reconstrução pós-sismos

Mais de 1.800 milhões de euros para reconstrução pós-sismos
Tamanho do texto Aa Aa

Castigado pela fúria da natureza, o México precisa de muito investimento para a reconstrução. De acordo com dados preliminares, anunciados pelo Presidente Enrique Peña Nieto, serão necessários mais de 1.800 milhões de euros para recuperar as zonas arrasadas pelos três sismos que sacudiram, em setembro, o centro e o sul do país.

Em nome de um bem maior e coletivo, o chefe de Estado mexicano apelou, durante um discurso televisivo, ao envolvimento do setor empresarial mas mostrou-se igualmente empenhado em resgatar sobreviventes: “Continuaremos com as operações de busca e resgate e, onde já é possível, entrámos na fase de reconstrução. Nos estados apoiaremos diretamente as famílias com recursos e materiais para reparar os danos parciais ou para a reconstrução de uma nova casa.”

Varrido pelos furacões Max e Katia mas também pela tempestade tropical Norma, o México digere ainda, de maneira amarga, as consequências dos três terramotos registados nas últimas três semanas. Morreram mais de 400 pessoas.