Ligações aéreas para Erbil em risco

Ligações aéreas para Erbil em risco
De  Lurdes Duro Pereira com EFE, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Diretora do aeroporto de Erbil admite recuar para garantir que as ligações aéreas internacionais para a capital do Curdistão iraquiano se mantêm

PUBLICIDADE

A diretora do aeroporto de Erbil promete acatar as diretivas de Bagdade para evitar que as ligações aéreas internacionais para a capital do Curdistão iraquiano fiquem suspensas a partir desta sexta-feira

Um dia depois de mais de 90 por cento dos curdos iraquianos terem votado a favor da criação de um estado independente no referendo não vinculativo, o chefe de Governo iraquiano deu um ultimato de 72 horas às autoridades da região autónoma (do Curdistão) para entregarem o controlo dos dois aeroportos ao poder central.

Várias companhias aéreas começaram, entretanto, a cancelar os voos previstos para amanhã a partir das 18:00, menos três horas em Lisboa.

Os passageiros mostram-se tranquilos. “Sim, corremos o risco de ficar retidos na Turquia, mas os curdos têm um ditado: que seja o que Deus quiser” refere uma mulher.

As medidas de retaliação não ficam por aqui. O governo de Bagdade está, por exemplo, a incentivar os diferentes países a pôr fim às missões diplomáticas na capital do Curdistão iraquiano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estados Unidos lançam ataque maciço contra milícias no Iraque e na Síria

Embaixada dos Estados Unidos em Bagdade atacada com rockets

Da celebração ao horror, casamento acaba com mais de uma centena de mortes no Iraque