EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Autoridades de Las Vegas pedem ajuda no caso do massacre

Autoridades de Las Vegas pedem ajuda no caso do massacre
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A chave do quarto onde se encontrada Stephen Paddock terá sido utilizada depois da matança.

PUBLICIDADE

Quase uma semana depois do massacre de Las Vegas, as autoridades afirmam ter novas pistas acerca do ataque.

A polícia diz que uma segunda pessoa poderia ter conhecimento do ataque que Stephen Paddock, reformado de 64 anos, pretendia levar a cabo.

A chave do quartdo do hotel onde se encontrava, durante os disparos, terá sido utilizada pouco depois do massacre. Massacre que, para a polícia de Las Vegas, no entanto, foi cometido por uma só pessoa:

VIDEO: Today’s press briefing; updated details on the 1 October mass shooting. https://t.co/DWh3ecVeDB

— LVMPD (@LVMPD) 6 octobre 2017

“Estamos convencidos de que não havia outra pessoa naquele quarto”, disse Kevin McMahill, xerife da Polícia de Las Vegas, estado do Nevada, durante uma conferência de imprensa.

“O que não sabemos ainda é se mais alguém sabia do que iria acontecer. Investigamos agora toda a vida do principal suspeito, desde que nasceu até à sua morte”, continuou.

Entretanto, as autoridades insistem em que apenas com a ajuda das pessoas poderão resolver o caso.

No information is too small or insignificant. If you know something, say something. 1-800-CALLFBI (225-5324) w/info on the Oct. 1 shooting. pic.twitter.com/nLWlkyQTn9

— LVMPD (@LVMPD) 6 octobre 2017

Até agora, o massacre de Las Vegas, que deixou 59 mortos e centenas de feridos, durante um concerto de música country, continua a ser um mistério. Os familiares e os amigos das vítimas ocupam-se do luto e os Estados Unidos enfrentam, mias uma vez, a questão do porte de armas no país, num debate que se espera longo e nada fácil.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Festival de armas depois de tiroteio em Las Vegas

Tiroteio mortal, nos EUA: Polícia local fala em motivações raciais, o atirador "odiava os negros"

Trump prepara-se para audiência no tribunal