EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

QMundial2018: Messi e Ronaldo entre os maiores receios da Rússia

QMundial2018: Messi e Ronaldo entre os maiores receios da Rússia
Direitos de autor 
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Argentina também está em risco de falhar o apuramento direto para o mundial de 2018 e até a entrada da albiceleste no "playoff" está ameaçada; Síria ainda sonha

PUBLICIDADE

As eventuais ausências de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo preocupam a anfitriã do próximo Mundial de futebol, a Rússia.

Com a Itália já garantida nos “playoff”, tal como Portugal, a albiceleste também arrisca ter de jogar o “mata-mata” de acesso à fase final caso não vença no Equador nesta derradeira jornada da fase de qualificação da Confederação sul-americana (CONMEBOL).

A equipa de Messi e do sportinguista Marcos Acuña está no sexto lugar, com os mesmo pontos do Peru, o quinto, mas em desvantagem nos golos. A equipa peruana fecha a qualificação em casa diante da Colômbia, atual quarta classificada, mas igualmente sem o apuramento garantido. E ainda há o Chile, terceiro, em risco e que visita o já apurado Brasil.

Na confederação asiática, a Síria joga na Austrália a segunda mão de um “playoff” empatado a um golo e pode ainda tornar-se na surpresa que ninguém esperava na Rússia, embora seja muito pouco provável o triunfo sírio.

O vencedor deste duelo asiático tem ainda mais outra final antes de carimbar o passaporte para a Rússia: um novo “playoff” com o quarto classificado da confederação da América Central, do Norte e das Caraíbas. O atual quarto classificado na CONCACAF é o Panamá, mas também os Estados Unidos podem cair no lugar ou as Honduras assaltar o apuramento.

A última seleção africana a fazer a festa do apuramento direto foi o Egito, no domingo. Um golo nos descontos de Mohamed Salah, estrela do Liverpool, valeu um suado triunfo em casa, por 2-1, sobre o Congo. A festa estalou na terra dos faraós.

Esta segunda-feira, Islândia e Sérvia também carimbaram na UEFA os passaportes para a Rússia.

À entrada para esta terça-feira de tudo ou quase nada, são 17 as seleções já garantidas no Mundial da Rússia:

ÁFRICA

Nigéria

Egito

ÁSIA

Irão

Japão

Coreia do Sul

Arábia Saudita

AMÉRICA DO NORTE, CENTRAL E CARAÍBAS

México

PUBLICIDADE

Costa Rica

AMÉRICA DO SUL

Brasil

EUROPA

Rússia (anfitriã)

PUBLICIDADE

Bélgica

Alemanha

Inglaterra

Espanha

Polónia

PUBLICIDADE

Islândia

Sérvia

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Russos celebram aniversário de Messi com bolo gigante

O que está por trás da última polémica de Milei com o governo espanhol?

501 caixões e 200 sacos com cadáveres encontrados abandonados na Argentina