EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Tempestade "Nate" deixa rasto de alforrecas à entrada do Alabama

Tempestade "Nate" deixa rasto de alforrecas à entrada do Alabama
Direitos de autor 
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O furacão enfraqueceu e passou a tempestade tropical este domingo à medida que avançou pelo sul dos Estados Unidos

PUBLICIDADE

O furacão “Nate” enfraqueceu para tempestade pós-tropical à medida que avançou pelo sul dos Estados Unidos. O impacto dos ventos e da chuva acabou por não ser tão grave como se chegou a temer no Mississipi.

Ainda assim, à passagem pelo Alabama, a tempestade tropical “Nate” provocou pequenas inundações e deixou um rasto curioso na ilha Dauphin, como revelou à NBC uma residente local: “Tínhamos muitas alforrecas no nosso quintal e mais de meio metro de água dentro de casa. Era muita lama e detritos.”

#hurricane Post-Tropical Cyclone Nate Public Advisory Number 20 https://t.co/MDw2yYEvGW#sandy

— US Hurricane Center (@USHurricaneCent) 9 de outubro de 2017

Algumas estradas ficaram intransitáveis nos acessos à ilha e verificaram-se cortes de energia. Noutras zonas da costa sul da América, algumas embarcações foram arrastadas para terra.

Muitos dos residentes que temiam a passagem do “Nate” estão agora aliviados. “Tivemos muita sorte. É impressionante não termos sofrido tantos estragos como prevíamos.”

Ao mesmo tempo que prosseguem os trabalhos de limpeza da zona “varrida” pelo “Nate”, a vida para muitos dos locais já voltou ao normal. “Estamos a passear na praia, à procura de conchas, por isso a situação é melhor do que prevíamos ontem”, sublinhou uma outra residente.

Após ter provocado a morte a cerca de 30 pessoas na América Central, a ameaça do “Nate” no sul dos Estados unidos parece estar arrumada. No entanto, a temporada dos furacões continua e só deverá acabar no final de novembro.

WATCH: Hurricane Nate weakens as it soaks Mississippi, Alabama https://t.co/sFfI5znUAH via ReutersTV</a> More here: <a href="https://t.co/785x7kvZWT">https://t.co/785x7kvZWT</a> <a href="https://t.co/fTG9aGbmql">pic.twitter.com/fTG9aGbmql</a></p>— Reuters Top News (Reuters) 9 de outubro de 2017

Parking garage flooded at Hard Rock Hotel and Casino in Biloxi, Mississippi, during Hurricane #Nate. https://t.co/gYzfQEr4vlpic.twitter.com/eKW558ZKaD

— ABC News (@ABC) 8 de outubro de 2017

Birds flying around inside the calm eye of #HurricaneNate with a barometric pressure of 984mb in Biloxi, Mississippi pic.twitter.com/UncTr8PsD0

— Mike Theiss (@MikeTheiss) 8 de outubro de 2017

We are fighting Hurricane force winds funneling through parking garage with #stormsurge continuing to rise in Biloxi !! #HurricaneNate !! pic.twitter.com/woX5OQa4eK

— Mike Theiss (@MikeTheiss) 8 de outubro de 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"