Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": o lóbi de Theresa May e o assassinato da jornalista maltesa

"Breves de Bruxelas": o lóbi de Theresa May e o assassinato da jornalista maltesa
Tamanho do texto Aa Aa

A primeira-ministra britânica, Theresa May, falhou na sua última tentativa de lóbi para conseguir que a segunda fase das negociações do Brexit, sobre o futuro acordo comercial com a União Europeia, seja paralela à fase do divórcio.

Esse foi o tema do jantar com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, segunda-feira, em Bruxelas, na véspera da reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia.

Os chefes da diplomacia comunitários reuniram-se, terça-feira, no Luxemburgo, para preparar a cimeira de chefes de Estado e de governo, em Bruxelas, onde deverá ser recusado o pedido de May.

O programa que passa em revista a atualidade europeia diária destaca, também, o assassinato da jornalista de investigação Daphne Caruana Galizia, que causou consternação muito para além da pequena ilha de Malta, de onde era nacional.

No Parlamento Europeu, a eurodeputada maltesa de centro-direita, Roberta Metsola, realçou a coragem da jornalista “que lutava contra os manhosos e os criminosos”.

Um caso que é mais um episódio numa tendência de fragilização da imprensa, segundo o eurodeputado húngaro dos Verdes, Benedek Jávor: “A Comissão Europeia tem de levar extremamente a sério o estado do jornalismo independente, da imprensa independente nos Estados-membros da União”.